terça-feira, 18 de abril de 2017

Jovem de 22 anos é espancada em boate: “Apanhei por ser gorda”

Reprodução / Facebook
Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br
Uma jovem de 22 anos sofreu na pele o preconceito. Bárbara foi curtir a noite de sábado em uma casa de shows na cidade de São Bernardo, em São Paulo, e no meio da balada foi chamada de “gorda nojenta” por um desconhecido. De acordo com a irmã de Bárbara, Mariana, quando o rapaz se aproximou da garota e continuou xingando, a jovem pediu que ele se afastasse.
Publicidade
Nesse momento, o agressor bateu na estudante. De acordo com a família, Bárbara foi espancada e ficou desacordada. “A gente não sabe se ela levou soco, se caiu no chão e foi chutada. Mas a casa de shows tem a obrigação de ter as imagens”, disse em entrevista ao site “UOL”.
“Limparam o ferimento dela e falaram que era para ela resolver fora da casa. Eles estavam preocupados que ela saísse sem pagar a comanda. A comanda até estava zerada, porque ela não consumiu nada lá dentro, mas a preocupação do estabelecimento era com o pagamento”, acrescentou.
Em nota, a casa de shows disse que acionou imediatamente a Polícia Militar e Bárbara se recusou a fazer Boletim de Ocorrência. Segundo a família da jovem, ela fez o registro da ocorrência posteriormente na delegacia.
“Podem falar o que quiserem, não tem justificativa para ela ter apanhado. Não tem justificativa ela chegar em casa com a boca roxa e se ajoelhar no chão, chorando, olhando para a minha cara e falando ‘apanhei porque sou gorda. Juro por Deus que não fiz nada'”, completou.

0 comentários:

Postar um comentário