.

.

domingo, 25 de junho de 2017

Cruz das Almas: Espadas, poesia e muito forró marcam dia de São João em Cruz das Almas


A noite deste sábado (24), dia de São João, foi marcado por poesia e mais forró para cruzalmenses e visitantes no Arraía da Cultura Popular: Festa, Forró e Tradição. Os três circuitos, mais uma vez, estiveram cheios de forró e manisfestações culturais.
Na Praça Senador Temístocles, que está repleta de barracas expondo produtos da agricultura familiar e artesanato, tem variados tipos de manifestações, desde apresentações de grupos de forró, além de bonecões, apresentações de quadrilhas, entre outros.
Nas praças da cidade, o vai e vem de pessoas com camisas decoradas, saindo de casa em  casa, para visitar parentes ou amigos. As espadas, mesmo proibidas pela justiça, fizeram a festa de entusiastas fascinados por esta tradição.
Na Praça Multiuso, o forró deu o tom da festa, com as apresentações de grupos cruzalmenses, como: Xote Chik, Cruzêteros do Forró e Eugênio Cerqueira. O forró, como sempre, foi exaltado nas falas dos cantores.

Para finalizar a noite, no Parque Sumaúma, no palco Caramanchão, novidade deste ano, bandas cruzalmenses de forró (Bolodório e Deu Xote), animaram o público.A poesia de Santanna, O Cantador, que com suas influências, sobretudo, pelo mestre do forró,, Luiz Gonzaga, não deixou ninguém parado. Targino Gondim, conhecido por suas composições, ótimo intéprete, também compareceu com sua sanfona invocada. Flávio José e suas letras magníficas fecharam mais uma noite de muito forró na cidade.

Materia: Webert Paz( Jornalista) 

0 comentários:

Postar um comentário