.

.

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Segurança de Léo Santana, capitão da PM é baleado e tem arma roubada em assalto

Capitão da reserva da Polícia Militar é segurança do cantor Léo Santana (Foto: Reprodução/Redes Sociais)
Um capitão reformado da Polícia Militar foi baleado na manhã desta quinta-feira (29) durante um assalto no bairro de Marechal Rondon, em Salvador. O crime aconteceu por volta das 6h30, na Rua Vicente Celestino, quando o policial estava a caminho da academia. A arma do capitão foi levada pelos criminosos.
Adelmo Pereira Cardoso, 44 anos, que trabalha como segurança do cantor Léo Santana há pelo menos seis anos, foi socorrido por um vizinho para o Hospital do Subúrbio e está fora de perigo. Amigos informaram que o tiro atingiu o maxilar de Adelmo que será transferido e passará por cirurgia em um hospital particular de Salvador. 
Segundo informações da polícia, na ação, os suspeitos fizeram um disparo atingido Adelmo no rosto. O PM foi socorrido por um vizinho para o Hospital do Subúrbio, onde está em avaliação pela equipe médica. Segundo a PM, ele não corre risco de morrer.

O CORREIO esteve na casa da mãe da vítima, no mesmo bairro, de onde ele teria saído momentos antes do assalto. No local, familiares confirmaram que o Adelmo não corre risco de vida. Os vizinhos não quiseram comentar a circunstância do crime e se limitaram a dizer que o policial é "muito querida por todos".
Ainda não há informações sobre a autoria do crime, que será investigado pela Força-Tarefa criada pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) para apurar ocorrências contra policiais.
A assessoria do cantor Léo Santana informou que o artista não está na cidade, mas que os empresários estão dando a assistência e o suporte necessário ao segurança. Eles providenciaram a transferência do policial do Hospital do Subúrbio para o Hospital COT e estão acompanhando o caso. A assessoria informou que o PM será submetido a uma cirurgia ainda nesta quinta-feira (29), mas o estado de saúde dele é considerado fora de risco. Ele trabalha há mais de cinco anos fazendo a segurança de Léo Santana. 

Fonte: Correio 24 Horas 

0 comentários:

Postar um comentário