.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

sábado, 15 de julho de 2017

Cachoeira: Canhão histórico usado na independência da Bahia poderá ser recolhido pelo Exército; entenda o caso

Cachoeira: Canhão histórico usado na independência da Bahia poderá ser recolhido pelo Exército; entenda o caso
A cidade de Cachoeira, no Recôncavo baiano,  concentra um dos maiores e mais importantes acervos de arquitetura barroca do Brasil, com seus casarões imperiais, ricos em cores e detalhes. A cidade tem o turismo como principal cartão de visita para aqueles que buscam beleza atrelada ao conhecimento e já faz parte dos roteiros e guias turísticos do Brasil.  Quem passa por Cachoeira não pode deixar de conhecer pontos relevantes da cidade, como a Praça da Aclamação. Lá está localizada a Casa de Câmara e Cadeia, que foi sede do Governo da Província da Bahia, período colonial.  A praça ainda comporta um antigo canhão utilizado contra o exército português na guerra de independência da Bahia.  Contudo uma notícia veiculada na imprensa na manhã desta sexta-feira (14) destaca que o monumento pode sair da cidade, e ser encaminhado ao Exército em Salvador, precisamente ao Quartel de Amaralina. Segundo informações, a prefeitura local já foi notificada através de ofícios do órgão militar que deve ser feita a manutenção deste equipamento que comportam o acervo histórico e cultural da cidade.  De acordo com a denúncia a prefeitura não estaria atendendo os ofícios do Exército solicitando a reforma. Os comunicados foram enviados pela intermediação da 6ª Região Militar.  Caso o canhão não passe pela reforma e manutenção será encaminhado ainda este ano para a capital do Estado

0 comentários:

Postar um comentário