.

.

.

.

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Dez anos após falecimento de ACM, Neto diz que avô segue "vivo na memória dos baianos"

Dez anos após falecimento de ACM, Neto diz que avô segue 'vivo na memória dos baianos'
O prefeito ACM Neto (DEM) lembrou a história do seu avô, Antônio Carlos Magalhães, durante conversa com Mário Kertész, na Rádio Metrópole, na manhã desta quarta-feira (19). O falecimento de "ACM - O original", como é carinhosamente chamado, completa 10 anos em 2017.

Apesar da década sem o ex-governador, Neto afirmou que ele permanece na cabeça da população. "Ele ainda está muito vivo na memória dos baianos. É comum as pessoas me pararem para falar sobre ele, contando histórias... Isso é motivo de alegria para mim", declarou.
Para Neto, "os dez anos passaram muito rápido". "Lembro daquela fase final, aquela luta pela vida e a cabeça perfeita. As vésperas do seu falecimento, ele falava em política, recebia políticos. Ele vivia 24 horas para a política", disse.

"Eu fico olhando, 10 anos depois, eu na Prefeitura seguindo o legado e a memória dele. Eu lembro de como ele acabou tendo influência positiva para eu ser político. Ele nunca virou para mim e disse para eu ser político. Eu decidi acompanhando ele. Ele trabalhou muito o orgulho de ser baiano e isso me influenciou muito", acrescentou. 

0 comentários:

Postar um comentário