domingo, 8 de outubro de 2017

Mãe que vivia em cárcere privado envia bilhete para escola da filha pedindo ajuda e é salva

(Foto: divulgação/Polícia Civil)

Uma mulher que estava sendo mantida em cárcere privado, supostamente pelo próprio companheiro, conseguiu pedir ajuda através da sua filha. Na sexta-feira (6), a vítima de 36 anos escreveu um bilhete de socorro, que foi encontrado no material escolar da filha de seis anos, pela professora da garota, em Sorocaba, no interior de São Paulo. 
“Bom dia. Preciso de ajuda. Por favor é urgente. Ligue nesse número é do meu filho. Passe esse endereço pra ele. Pede pra ele vir acompanhado com alguém, é caso de vida ou morte. Estou correndo perigo até de vida”, dizia o bilhete.
A professora que encontrou o aviso entrou em contato com a Polícia Militar que foi ao local apurar a situação. O suspeito, o marido da mulher, de 39 anos, negou que a estava mantendo presa. No entanto, a vítima contou em depoimento que os dois estavam morando juntos há seis meses, mas que a relação não estava fácil. Inicialmente, ele tirou suas chaves da casa, seu celular, depois passou a agredi-la e ameaça-la.
O homem foi detido e encaminhado para a Polícia Civil. Ele irá responder pelos crimes de violência doméstica, cárcere privado, sequestro e ameaça.
A vítima continua morando na mesma casa com a menina, que não é filha do acusado.

0 comentários:

Postar um comentário