quarta-feira, 4 de outubro de 2017

OAS e Camargo Corrêa manifestam interesse em obra da Ponte Salvador-Itaparica


De acordo com publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (4), a OAS e a Camargo Corrêa entraram para a lista das empresas interessadas em realizar estudos técnicos, econômicos e ambientais complementares ao projeto de construção do Sistema Viário Oeste, da Ponte Salvador – Itaparica. 
As demais companhias são a China Railway Group Limited (Crec) e a China Railway 20 Bureau Group Corporation (CR20G).
Em coletiva no mês passado, o governador Rui  Costa (PT) alegou que o nível de risco do projeto é muito alto e não será feito com o dinheiro público. Também na ocasião, confirmou a possibilidade de um túnel ser construído.
“É um projeto estruturante da ordem de 7, 8 bilhões de reais. O nível de risco está muito elevado. E tem risco no retorno do investimento. Já que não está sendo planejado um investimento completo. Não estamos falando de obra pública, não é uma licitação com o dinheiro público. Estamos convidando investidores que desejam ter o retorno ao longo de 30 anos para fazer o investimento aqui no estado da Bahia. Isso é importante da gente definir, porque é coisa de natureza diferente”, explicou.

0 comentários:

Postar um comentário