sexta-feira, 10 de novembro de 2017

‘Proibir aborto no caso de estupro não vai passar’, avisa Maia

Em uma postagem no Facebook, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), avisou que a proibição de aborto em casos de estupro “não vai passar” na Casa.

Na última quarta-feira (8), uma comissão especial da Casa aprovou o texto-base de um projeto que prevê incluir na Constituição a garantia do direito à vida “desde a concepção”. A proposta proíbe, na prática, qualquer forma de aborto, mesmo aquelas previstas na legislação.

Atualmente, o procedimento não é punido quando a gravidez seja resultado de um estupro, caso haja risco para a vida da mulher ou no caso de fetos anencéfalos, deficiência que inviabiliza a vida do bebê após o nascimento.

0 comentários:

Postar um comentário