.

.

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Ex-prefeito e vereadores de Remanso são denunciados por participação em desvio de R$ 10 mi

O ex-prefeito da cidade de Remanso, Celso Silva e Souza, além de vereadores e empresários do município, foram denunciadas à Justiça pelo Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA), por suspeita de participação em um esquema de desvio que retirou R$ 10 milhões dos cofres municipais, entre 2013 e 2016.

De acordo com o Ministério Público, o esquema era feito através de notas fiscais inidôneas e sublocação de veículos que não prestavam nenhum tipo de serviço. No final de novembro, o grupo foi alvo da Operação "Carro Fantasma", que investigava processos licitatórios para locação de carros. Na operação, 12 dos suspeitos foram presos, incluindo o ex-prefeito.

Pelos crimes de fraude a licitações e prorrogação indevida de contratos, o MP denunciou, além do ex-prefeito, o ex-secretário de Administração e Finanças do Município; José Mário da Conceição, sócio-proprietário da JMC Construtora, Comércio e Serviço; Erasmo Paulo Fernandes Ribeiro, responsável pela empresa Consulte Licitação; Ulisses de Araújo Costa Assis, ex-pregoeiro da Prefeitura; Arão Dantas dos Santos e Nelson Senna de Carvalho Filho (réus colaboradores), ex-funcionários da JMC Construtora.

Metro1.

0 comentários:

Postar um comentário