.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

sábado, 9 de dezembro de 2017

Vídeo: Taxista que ofendeu passageira do Uber tem alvará e veículo suspensos em Porto Seguro-BA

O secretário de Trânsito e Serviços Públicos de Porto Seguro, Eriosvaldo Renovato, informou, nesta sexta-feira (08), que abriu uma sindicância para apurar as agressões verbais que um taxista fez a uma turista que usava o serviço de transporte oferecido pelo Uber.
O fato, que ocorreu quinta-feira (07), em um ponto de táxi no terminal de balsas, foi filmado por uma pessoa que estava no local. Na gravação, é possível ver o taxista totalmente descontrolado, afirmando que paga uma carga alta de impostos para poder atuar legalmente, ao contrário dos motoristas do Uber. “Eu tenho família. Paguei R$ 100 mil por este ponto”, esbraveja.
O secretário salientou ainda que estão sendo tomadas as medidas administrativas cabíveis e que conta com o bom senso de todos para que a cidade não seja prejudicada. Durante o período da investigação, o taxista, que não teve o nome divulgado, ficará com o alvará e o táxi suspensos.
O presidente do Sindicato dos Taxistas de Porto Seguro, Ivanildo Ribeiro, afirmou que assim que tomou conhecimento do vídeo, na noite de quinta-feira (07), começou a apurar caso, com o objetivo de identificar o motorista. Segundo ele, trata-se de um condutor conhecido como Carioca, que presta serviço ao dono do táxi. “Não apoiamos esse tipo de atitude. Estamos acompanhando a sindicância aberta pela prefeitura. Combatemos o Uber no município, mas dentro da legalidade, não com esse tipo de atitude”, declarou. Já o prefeito em exercício, Humberto Nascimento, afirmou que é fato que a utilização desses aplicativos divide opiniões.
“É legítimo o direito dos taxistas de manifestação, desde que de forma pacífica e ordeira, mas é inadmissível ameaçar qualquer cidadão, ainda com o agravante de o fato ter ocorrido com um turista, que é a principal fonte de renda da economia do município”, afirma Nascimento. Em Porto Seguro, a Câmara Municipal aprovou, no mês passado, um projeto que proíbe serviços de táxis por aplicativo, como o Uber.
No entanto, para entrar em vigor, a lei precisa ser sancionada pelo poder executivo. Desde que o Uber passou a funcionar em Porto Seguro são registros diversos confrontos entre taxistas e motoristas vinculados ao aplicativo. Esta semana, dois taxistas chegaram a ser detidos pela Polícia Civil.
Fonte:Notícias do Sul da Bahia

Vídeo abaixo:

Por Redação Mídia recôncavo 

0 comentários:

Postar um comentário