.

.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

APLB - Sindicato Cruz das Almas cobra reajuste salarial e 1/3 de férias dos professores

A APLB - Sindicato Cruz das Almas, orgão que representa os professores, começou o ano de 2018 fazendo cobranças a prefeitura municipal, referente ao pagamento de 1/3 (um terço) das férias e o reajuste salarial de acordo com o Piso Nacional estabelecido para 2018. A cobrança foi feita em nota divulgada no site da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). Na publicação, a Associação dos Professores Licenciados do Brasil, afirmam que “os professores da rede municipal já estão de férias e ainda não receberam o pagamento do benefício”. 

Confira a nota divulgada pelo sindicato:

Seguindo na Luta, dirigentes sindicais da APLB em Cruz das Almas cobraram, junto ao Prefeito Orlandinho (PT), o pagamento referente a 1/3 de férias e o reajuste salarial de acordo com o Piso Nacional estabelecido para 2018.

Os professores da rede municipal de ensino em Cruz das Almas já estão de férias e ainda não receberam o pagamento do benefício de 1/3 de férias. Já o Piso Nacional, de 6,81%, definido para vigência em 2018, também precisa ser cumprido ampliando o vencimento inicial da categoria para R$2.455,35.

O aumento é estabelecido todos os anos, sob o cumprimento da Lei Nº 11.738/2008, conhecida como a Lei do Piso. Nacional, o Piso Salarial estabelecido para 2018 precisa ser cumprido em Cruz das Almas, assim como em todo o território nacional. Além disso, os Trabalhadores em Educação devem ter o pagamento de 1/3 de férias o mais rápido possível.

A diretoria da APLB Sindicato Cruz das Almas enviou, na última quinta (4), um ofício cobrando as pendências supracitadas e está de olho para que sejam efetivados os direitos dos trabalhadores.

Juntos Somos Mais Fortes!
(APLB - Sindicato Cruz das Almas, 08/01/2018)

Diego Azevedo | FORTE NA NOTÍCIA.

0 comentários:

Postar um comentário