.

.

.

.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

Filas em escolas municipais em Cruz das Almas levantam várias questões


Este não é um problema novo! Todo início de ano é a mesma coisa em Cruz das Almas. Pessoas acampam em frente às escolas e dormem nas filas para matricular os seus filhos. Principalmente no Colégio Comendador Temístocles.

Nesta segunda o secretário de Educação Mário do Jornal disse que é um avanço as matrículas serem feitas por ordem de chegada, pois antigamente este colégio era um lugar de preconceito: era o colégio dos brancos e ricos. O mesmo afirmou que há 50 anos sua mãe já sofria preconceitos quando tentou lhe matricular alí. E concluiu: HOJE NÃO! Durante a entrevista uma professora participou por telefone e endossou as palavras do secretário.

Contudo, é algo para se refletir. Tem jeito de acabar com as filas? A informatização das matrículas seria um caminho? Falta maior divulgação das ações realizadas em outras escolas? Há que se investir mais na conscientização?

O MEC orienta que os pais venham a matricular os seus filhos em escolas mais próximas à suas residências. Não chegou o momento de parar e discutir para entender quais os caminhos possíveis para superar este problema? O certo é que com arbitrariedade nós não chegaremos a lugar nenhum.  É visível a competência do atual Secretário de Educação Mário do Jornal, pois segundo o vice prefeito Max Passos, o mesmo recebeu propostas do outro grupo político para assumir a mesma pasta. Max Passos afirmou em outra situação: "este mesmo secretário que é criticado hoje, recebeu propostas para ocupar o mesmo cargo no outro grupo político".



Por Rony Henrique
Foto: Reprodução - WhatsApp

0 comentários:

Postar um comentário