.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Cruz das Almas: Educação, segurança pública e saúde são pautas de entrevista de Orlandinho


Na tarde desta terça-feira (20), o prefeito Orlando Peixoto Pereira Filho, o popular Orlandinho, concedeu entrevista ao programa "Recados", comandado pelo comunicador Rony Henrique,  transmitido pela emissora Excelsior 1460 AM,  para falar sobre a gestão municipal.
Um dos destaques foi a entrega do posto de saúde do Tuá, nesta manhã, que atenderá usuários da própria localidade e do Cadete, Três Bocas e Engenho de São João. "Recuperamos e entregamos o posto do Tuá, totalmente reformado e ampliado. A administração passada quando transformou o posto em Unidade Básica não construiu nem um banheiro para atender os pacientes. Parabenizamos a secretária de Saúde, Aline Pires, pelo seu grande trabalho", disse Orlandinho.
O colégio Landulfo Alves também foi um dos temas. Orlandinho descartou a possibilidade de interdição do colégio, e, afirmou que ele passa por reformas, e, por problemas licitátorios, a obra que era para começar em dezembro teve um atraso. Ele garantiu que o CETEP e o colégio Edvaldo Boaventura auxiliarão os alunos do Landulfo, para o início e continuidade do ano letivo. Mesmo não sendo o responsável pelo o ensino médio, o prefeito destaca a sua parceria com o Governo do Estado. "O município está sendo parceiro, a Secretaria de Educação, o Governo do Estado, e, temos a certeza que os alunos vão ter a garantia da sala de aula e dos serviços", garantiu o prefeito.
A segurança pública também foi destaque. Orlandinho disse que se reuniu na manhã desta terça-feira com o vice-prefeito Max Passos, e o tenente Augusto, chefe da guarnição e pelotão da Polícia Militar para se inteirar dos últimos acontecimentos referentes a este assunto. O prefeito se diz preocupado com os números alarmantes de homicídios na cidade e no país. Informou ainda que essa "onda de violência" em Cruz das Almas é cíclico, acontece em diversos períodos recentes. "O Brasil precisa colocar a segurança pública como pauta, porque os números são alarmantes", pontuou Orlandinho.
Para finalizar, Orlandinho esclareceu que não ocorreu exoneração do servidor, Elias Nascimento, mais conhecido como Elias de Gogó, que, porventura, também é vereador do município. Ele disse que houve apenas uma realocação, e, que, o processo administrativo ainda está aberto.
Matéria: Welbert Paz( Jornalista)



0 comentários:

Postar um comentário