.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

sábado, 3 de fevereiro de 2018

Curso de Publicidade da UFRB organiza em Cachoeira a sétima edição do Prêmio Montezuma de Comunicação


Está marcada para o próximo dia 1º de março, a partir das 18 horas, no auditório do Centro de Artes, Humanidades e Letras da Universidade Federal da Bahia (UFRB), na cidade histórica de Cachoeira, a sétima edição do Prêmio Francisco Montezuma de Comunicação. O evento, criado em 2008, premia anualmente os melhores produtos laboratoriais desenvolvidos em sala de aula pelos alunos dos cursos de Publicidade e de Jornalismo. A iniciativa é do curso de Publicidade e Propaganda da UFRB, através do Grupo de Estudos da Mídia (GEM).

Esta edição vai escolher as melhores peças produzidas nos semestres letivos de 2016 e 2017, nas categorias de Campanha Publicitária, Jingle, Criação para Rádio e TV, Outdoor, Anúncio Impresso e Fotografia Publicitária. Por sua vez, os estudantes de Jornalismo concorrerão em Jornalismo Impresso, Fotojornalismo, Radiojornalismo, Telejornalismo, Webjornalismo e Design Gráfico. Os professores que ministram cada uma destas especialidades fazem a indicação dos cinco melhores trabalhos do ano e, na noite de premiação, um júri composto por professores da universidade e profissionais de atuação reconhecida na área escolhem, in loco, o melhor de cada categoria.

Tradição e prêmios

A festa, que desta vez vai homenagear o cinquentenário da Tropicália, costuma ser bastante concorrida, reunindo estudantes, professores e servidores técnicos da UFRB, além da própria comunidade do Recôncavo. Pois, de acordo com o seu idealizador, professor Péricles Diniz, “tem como objetivo principal, reunir e render justa homenagem à criação e dedicação dos professores e estudantes estes cursos”. Como geralmente não há patrocínio ou apoios outros, além daqueles proporcionados pelo próprio espaço acadêmico, a premiação se vale da doação de livros de autoria dos professores do centro, bem como de outros itens oferecidos pela comunidade regional. Todos os vencedores, contudo, recebem um troféu e diplomas referentes à categoria conquistada.

Mantendo a tradição, também haverá apresentações artísticas dos estudantes, que costumam produzir espetáculos de dança e música. Os estudantes de Jornalismo aproveitam para exercitar seu aprendizado na elaboração de matérias dedicadas à divulgação e cobertura do prêmio, enquanto os discentes de Publicidade e Propaganda, o primeiro curso público criado na Bahia, se responsabilizam por toda a produção, desde as etapas de planejamento e elaboração, até a apresentação do evento.


0 comentários:

Postar um comentário