.

.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Mulher sai para entregar quentinha e é assassinada com 10 tiros

Uma mulher foi morta após sair para entregar quentinha, na segunda (26), na localidade de Cágado, São Gonçalo do Amarante, município distante 59,4 km de Fortaleza. A vítima teria sido assassinada por um adolescente de 17 anos que acreditava que ela era informante da polícia. Maria Alice Rodrigues Mendes, 47 anos, tinha um restaurante na própria residência.

De acordo com o secretário de Segurança do município, major Everton Farias, os suspeitos de cometer o crime ligaram pra ela pedindo uma quentinha, e quando saiu de casa, a pé, para entregar a refeição, foi alvejada com cerca de 10 tiros. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho do Hospital Municipal.
Após o crime, a polícia fez buscas na região, e prendeu três pessoas na terça-feira, 27. Um homem de 19 anos foi levado para prestar esclarecimentos. O irmão dele, de 16 anos, foi apreendido. Ambos sem passagem pela polícia.
Segundo informações divulgadas pelo major Everton, eles prestavam apoio ao mandante do crime, suspeito de drogas, de 17 anos. Ao ser apreendido, o adolescente confessou que mandou matar Maria Alice por acreditar que ela era informante da polícia. Ele disse acreditar que a vítima era a fonte da denúncia que resultou em uma apreensão anterior dele.
Fonte: Varela Noticias 

0 comentários:

Postar um comentário