.

.

.

.

sábado, 7 de abril de 2018

CONHEÇA A HISTÓRIA DO SANFONEIRO "SIVUCA" QUE SERÁ HOMENAGEADO NO FORRÓ DA PAULINHA DIA 20 DE ABRIL




O Forró da Paulinha homenageará Sivuca. Conheça um pouco de sua história:
Severino Dias de Oliveira, mais conhecido como Sivuca. Nasceu em Itabaiana, 26 de maio de 1930 e morreu em João Pessoa, 14 de dezembro de 2006. Foi um multi-instrumentista, maestro, arranjador, compositor, orquestrador e cantor brasileiro.
Ganhou a sanfona de presente do pai em 13 de junho de 1939, aos nove anos. Aos quinze anos, ingressou na Rádio Clube de Pernambuco, no Recife. Em 1948, fez parte do cast da Rádio Jornal do Comercio. Em 1951, gravou o primeiro disco com "Carioquinha do Flamengo" (Waldir Azevedo, Bonfiglio de Oliveira) e "Tico-Tico no Fubá" (Zequinha de Abreu). Nesse mesmo ano, lançou o primeiro sucesso nacional, em parceria com Humberto Teixeira, "Adeus, Maria Fulô".
A partir de 1955, foi morar no Rio de Janeiro, onde começou a gravar grandes sucessos. Chegou até a morar em Nova Iorque de 1964 a 1976. Fez uso de violão e sanfona, arranjou para orquestra de cordas, a quatro mãos, com o compositor e arranjador Nelson Riddle. 
Mas seu grande sucesso foi “Feira de Mangaio”. Um baião/forró composto junto com sua esposa Glorinha Gadelha. Foi gravada inicialmente pelo próprio Sivuca, posteriormente incorporada ao repertório de Clara em  1979. Este foi um dos grandes sucessos da cantora. Foi composto, quem diria, em Nova Iorque. E mais, para os puristas ficarem horrorizados, a letra da canção de Glorinha Gadelha foi finalizada num McDonald's da Sétima Avenida.
Forró da Paulinha acontecerá dia 20 de abril na cidade de  Cruz das Almas, na Drib Eventos.

Fonte: Portal do São João

0 comentários:

Postar um comentário