.

.

.

.

.

.

.

.

segunda-feira, 9 de abril de 2018

Prisão de Lula, corrida eleitoral e realizações foram temas de entrevista de Orlandinho


Neste domingo (08), o prefeito Orlandinho Pereira foi em comitiva com o Governo do Povo até à comunidade da Sapucaia, num projeto bimestral denominado, Governo do Povo em Ação (GPA), que consiste em levar os serviços do governo até comunidades do município.
Durante o GPA, o comunicador, Roger Cerqueira, entrevistou o prefeito, que falou entre temas atuais, como: prisão do ex-presidente Lula, o próprio GPA, corrida eleitoral para o governo estadual e realizações do Governo do Povo.
Em referência à prisão do ex-presidente Lula, Orlandinho foi enfático ao dizer que foi uma ação injusta. "Queria mostrar minha indignação por um julgamento injusto, célere. O tríplex que tá provado que não pertence a Lula, e ainda está em São Paulo, e não em Curitiba. Então tem um cérebro por trás desse golpe", disse.
Sobre o GPA na Sapucaia, a quarta edição, o prefeito explicou que é uma ação bimestral, e que é feita sobretudo, para escutar a população. "Tô muito contente em estar aqui. Voltar as comunidades, escutá-las, e, a partir daí, realizar um cronograma de ações para poder realizar", garantiu.
A corrida eleitoral também foi assunto da entrevista. Desta vez a nível estadual. A desistência do prefeito de Salvador, ACM Neto, a candidatura de governador estadual foi comentada. "Não podemos entrar de salto alto. Muitas candidaturas vão ser apontadas. Obviamente, a disputa com o prefeito de Salvador teria uma musculatura e envergadura maior. Acho que Rui Costa tá forte. Governador trabalhador, operante. E não tá forte apenas no interior. Em Salvador Rui está na frente, local, que, historicamente, o PT não vai tão bem", revelou.
Para concluir, Orlandinho falou sobre as realizações de seu governo. A retomada dos projetos. "Esta semana estamos retomando as obras, e, vamos divulgar nas redes sociais. Estamos retomando até projetos do governo passado, que, na verdade, são projetos para o povo. Em maio ou junho, provavelmente, vamos iniciar a reforma do Estádio Municipal, liberação do asfaltamento, recuperar a Praça do Lavrador e todos os convênios. Tenho certeza que vamso terminar esse ano com o dobro que o governo passado fez em realizações", finalizou.
Matéria: Welbert Paz (Jornalista)
Foto: Cristiano Peixoto ( Repórter Tatu)

0 comentários:

Postar um comentário