.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

segunda-feira, 2 de julho de 2018

Cruz das Almas: “Eu entendo que como mulher negra não era suficiente eu cruzar os brações e só questionar”, disse Ilza Francisca em sua plenária de mandato


Foi realizada neste domingo (01), a plenária do mandato da vereadora Ilza Francisca (PcdoB). O evento tinha como objetivo de tratar questões do seu mandato e junto com a população discutir novas ideias. Além de parte da população, também estiveram presentes o prefeito Orlando Peixoto (PT), a deputada federal, Alice Portugal (PCdoB), além da ex-secretária Estadual da Secretaria do Trabalho, Renda Emprego e Esporte (Setre) e SPM, Olívia Santana e do vice-prefeito Max Passos (PP).
A professora Ilza, comumente assim conhecida, tentou ser eleita participando quatro vezes de eleições sendo eleita na quarta tentativa. Ela leva como pautas principais do seu mandato as causas da educação e antirracismo. Ilza Francisca estava emocionada na ocasião, com a presença das pessoas em pleno domingo, ela ainda falou da imagem ruim que a classe política tem na sociedade e que com ela seria diferente, “eu entendo que como mulher negra não era suficiente eu cruzar os brações e só questionar, era preciso fazer alguma coisa”, foi assim que ela decidiu se candidatar.
A vereadora ainda ressaltou a importância de estar engajado em alguma causa e buscar por mudanças.
O vice-prefeito Max Passos não poupou elogios a trajetória de serviços prestados pela vereadora cidade de Cruz das Almas “é uma voz ativa, tenho muito carinho e admiração por ela, é determinada e muito forte. Conseguiu se eleger vereadora graças ao trabalho que desenvolveu ao longo do tempo. Ele acredita que Ilza será um forte nome na política do  município.
A ex-secretária da Setre, Olívia Santana se mostrou feliz em estar participando da cerimônia e falou da relevância de se ter uma mulher negra no espaço da política. Ainda esclareceu os ideias buscados pelo movimento do feminismo “não é uma luta para que a gente crie uma sociedade em que a mulher domine os homens, mas uma luta para emancipação das mulheres, para que [ambos] possam andar lado a lado”, afirmou.
O prefeito Orlandinho também não deixou de reconhecer o trabalho de Ilza e aproveitou o momento para analisar a discrepância em relação aos julgamento executados pelo judiciário aos ex-presidentes Lula e Dilma em relação a políticos de outros partidos, sendo assim ele afirma a importância de buscar uma representatividade através dos votos, “é preciso que a gente tenha consciência, pois o resultado da eleição nacional é o conjunto das disputas que a gente faz na nossa rua, no nosso bairro”.
A deputada Alice Portugal também se fez presente lembrando-se da valorização da presença de Ilza Francisca na câmara de vereadores da cidade, em vista  e sua competência e principalmente pela pauta da educação, que é bastante delicada no Brasil “é hora do povo levantar a cabeça”, chamou atenção.
Foto: Thuane Maria
Por: Ana Paula Pitanga

0 comentários:

Postar um comentário