.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Homem dado como morto tenta provar que está vivo há 13 anos

Um homem de 48 anos está com uma ação judicial há treze anos para provar que está vivo. Após ser roubado no estado de Minas Gerais, no ano de 2003, quando viajava de Bom Jesus da Lapa, cidade onde nasceu no oeste baiano, e seguia para morar em Goiânia (GO).  

O baiano foi dado como morto e a família enterrou o corpo de um desconhecido, depois da informação que seu familiar havia sido atropelado.

“Eu saí para uma festa com uns amigos e um rapaz roubou minha bolsa com meus documentos. Fui na delegacia, mas o rapaz que me atendeu lá disse que não poderia fazer nada e ficou por isso”, explicou Alailson.

A família de Alailson Santos Lima recebeu a notícia que o rapaz teria sido atropelado em 2003. Na época, a tia dele, Cecília Lima de Matos, recebeu a ligação da funerária e o suposto corpo de Alailson foi encaminhado para Bom Jesus da Lapa. Como ninguém pediu para abrir o caixão, enterram por engano um desconhecido.

Em 2015, o rapaz esteve na sua cidade de origem e as pessoas ficaram assustadas com a aparição. Todos pensavam se tratar de uma assombração. A família não faz ideia de quem era o corpo que eles sepultaram anos antes.

0 comentários:

Postar um comentário