.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

terça-feira, 27 de novembro de 2018

Polícia: jovem que não aceitou reatar com ex foi estuprada antes de ser morta em SP

Reprodução
Luana Maciel dos Santos, de 16 anos, foi violentada sexualmente antes de ser esfaqueada e morta em Apiaí, no interior paulista, de acordo com a Polícia Civil. O principal suspeito do crime é o ex-namorado dela, o pedreiro Josemar de Paula Siqueira, de 33.
Siqueira pode ter recebido a ajuda de outros dois homens, ainda não identificados, para cometer o crime, que aconteceu no sábado (24), na residência da irmã da vítima.
Luana foi encontrada morta seminua na cama, com perfurações na região do pescoço. Havia sangue num outro cômodo da casa, o que sugere luta corporal.
“Familiares nos relataram histórico de agressão e constantes ameaças dele contra ela”, disse o delegado Valmir Oliveira Barbosa, para justificar a suspeita do ex-namorado. O delegado afirmou ainda que exame preliminar indicou violência sexual.
Siqueira foi preso no mesmo dia da morte de Luana, mas nega ter cometido o crime. Testemunhas e imagens de monitoramento, no entanto, mostram ele se aproximando da casa com outros dois homens. A polícia trabalha para identificá-los. (Com informações do G1).

0 comentários:

Postar um comentário