Header Ads

Seo Services

Eduardo Bolsonaro quer alterar decreto de posse de armas

O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) pretende facilitar ainda mais o acesso as armas no país.
De acordo com a coluna Radar, da revista Veja, o filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL) quer retirar tanto do Estatuto do Desarmamento quanto do decreto da posse de armas assinado pelo pai a expressão e exigência de “efetiva necessidade” do cidadão.
Atualmente, a pessoa precisa provar que, de fato, necessita ter uma pistola em casa. Com a possível alteração, essa exigência não mais existirá.
No mês passado, Jair Bolsonaro assinou decreto que flexibilizou a posse de armas no Brasil. O documento prevê aumento do prazo para renovação da autorização de posse de arma de 5 para 10 anos, retirada da exigência de autorização feita por um delegado da Polícia Federal, regras mais claras para comprovação de necessidade da posse e a ampliação de casos considerados para essa necessidade, como morar em área rural ou em cidades com mais de 10 homicídios por 100 mil habitantes.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.