Header Ads

Seo Services

“Racismo é uma coisa rara no Brasil”, diz Bolsonaro ao contar que salvou colega negro de afogamento

Em entrevista ao programa Luciana By Night, da RedeTV!, o presidente Jair Bolsonaro contou que não é racista já que, na década de 70, salvou um colega negro do Exército que estava se afogando.
“Como que uma pessoa racista, machista, xenófobo, ganha a eleição? Com esse currículo todo não era nem para se vencer eleição para vereador”, disse o presidente.
“Há 41 anos, um soldado da minha bateria caiu de uma corda e afundou. Eu pulei e salvei ele. Por coincidência ele era negro. Por causa desse meu ato, ganhei uma medalha. Se eu fosse racista, um negão caiu na água, eu ia cruzar os braços”, contou.
“No Brasil é uma coisa rara o racismo. O tempo todo tentam jogar o negro contra o branco”, avaliou.
Veja a entrevista completa:

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.