Header Ads

Seo Services

Homem é encontrado morto após ser ridicularizado em telejornal do SBT

Crédito: Reprodução / TVApresentador Marcão do Povo e o repórter Felipe Macedo debocharam do homem durante telejornal do SBT

Um homem foi encontrado morto em Londrina (PR) horas após ser ridicularizado durante exibição do telejornal “Primeiro Impacto”, do SBT na última terça-feira, 12. A morte dele é tratada como suicídio. As informações são do colunista Mauricio Stycer, do UOL.
Antes de ser encontrado morto, a vítima apareceu no noticiário do SBT pendurado a um fio. Ele disse que queria morrer e, segundo o apresentador Marcão do Povo, o gesto extremo ocorreu após a descobrir ter sido traído pela mulher.
Durante a exibição da reportagem, o apresentador pediu uma música à produção e fez piada com a tentativa de suicídio. “Desça dai seu corno, desça dai / Desça dai chifrudo o que é que há? / Você ganhou foi gaia não foi asas pra voar”, dizia a letra da canção.
“Você ganhou um par de chifres, não foi asas para voar. Você não é o único corno do Brasil, fique tranquilo. Chifre é que nem consórcio: a qualquer momento você é contemplado”, disse o apresentador Marcão do Povo.
Ainda segundo a colunista Mauricio Stycer, o repórter que acompanhava o caso, Felipe Macedo, também fez graça com o fato de o homem querer tirar a própria vida. “Se todo corno fosse subir em fio depois de levar chifre, ia faltar fiação elétrica no Brasil todo”, disse. “É o corno elétrico. Os amigos avisam: a tua mulher está te chifrando. E ele diz: tô ligado”, completou enquanto dava risada da situação.

Suicídio

O suicídio é considerado pelo Ministério da Saúde como um problema de saúde pública, complexo, multifacetado e de múltiplas determinações, que pode afetar indivíduos de diferentes origens, classes sociais, idades, orientações sexuais e identidades de gênero.
Todos os anos, cerca de 800 mil pessoas morrem por suicídio no mundo, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). No Brasil, uma pessoa morre por suicídio a cada hora, enquanto outras três tentaram se matar sem sucesso no mesmo período.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.