Header Ads

Seo Services

Aluno diz ter sido aprovado no SiSU em curso que não escolheu

Estudante cearense é aprovado no Sisu em curso que não se inscreveu e afirma que perdeu oportunidade de ingressar em faculdade que desejava — Foto: Arquivo pessoal

Candidato cearense relata que ficou impedido de ingressar em engenharia de computação, curso que ele tinha como objetivo. Ele recebeu a mensagem de aprovação em engenharia de aquicultura, que ele diz não ter escolhido.
O estudante cearense Lucas Alexsandro diz ter sido aprovado no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) em um curso que não escolheu. Apesar de inscrito na chamada regular para a graduação de Engenharia da Computação, no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e na Universidade Federal do Ceará (UFC), ambos em Fortaleza, ele acabou sendo aprovado para Engenharia de Aquicultura no campus do IFCE em Aracati, a 150 km da capital cearense. O candidato afirma que não selecionou o curso.
O candidato inscrito no SiSu escolhe dois cursos no qual deseja ingressar. Caso não obtenha pontuação suficiente para a aprovação no primeiro curso desejado, ele tem a chance de ser classificado na segunda opção.
Lucas Alexsandro conta que sempre manteve Engenharia de Computação no IFCE como a primeira opção de curso e o mesmo curso na UFC como segunda opção. A aprovação em Engenharia da Aquicultura, curso que o estudante não optou, apareceu como sendo aprovação da primeira escolha.
"O IFCE de Fortaleza sempre foi minha primeira opção. Desde o primeiro dia deixei configurado como IFCE na primeira e na segunda Engenharia de Computação na UFC", explica Lucas. Durante o período de inscrição, o estudante afirma que fez poucas modificações na seleção dos cursos. "Eu fiz alguns testes para ver a nota em outros cursos, mas somente na segunda opção e nunca na primeira", relembra.
Candidato se inscreveu no Sisu em campi de Fortaleza, mas foi aprovado em curso em Aracati — Foto: Reprodução

Caso o curso não tivesse sido trocado, o estudante estaria apto a ingressar na graduação escolhida. "Eu tinha nota para passar em Engenharia de Computação no IFCE. Tirei 879,54, maior que a nota mínima", comenta.
O G1 entrou em contato com o Ministério da Educação (MEC) sobre o caso e aguarda retorno.

Reclamações
A família do estudante busca resolver o problema. "Já registramos reclamação. Estamos em contato com a escola em que ele estudou para saber como devemos prosseguir", comenta a servidora pública Adriana Hellen, mãe do estudante.
O erro comprometeu ainda a possibilidade de Lucas utilizar a segunda opção de curso. "Como ele passou na primeira opção, que não escolheu, não conseguiu ser selecionado para a segunda opção, na UFC, mesmo com nota suficiente", completa.
Adriana teme ainda que o desencontro demore a ser resolvido e afete a entrada do filho no ensino superior. "Ainda estávamos esperando resolver isso administrativamente, mas não temos muito tempo para esperar." Segundo o calendário oficial do Sisu, o prazo máximo para matrícula dos candidatos aprovados encerra na próxima terça-feira (4).

Fonte: G1Ceará

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.