Header Ads

Seo Services

Presidência assume que Moro não assinou decreto com demissão de Valeixo da PF

Foto: Valter Camponato / Agência Brasil
     A Secretaria-Geral da Presidência admitiu que o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro, não assinou o decreto de exoneração do ex-diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo. O reconhecimento do Planalto foi feito em ofício encaminhado à PF no âmbito da investigação que apura se houve interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal com a saída de Valeixo do comando da corporação.
De acordo com a Presidência, é “praxe” o governo incluir a assinatura de ministros apenas após a publicação de decretos no Diário Oficial. “É possível atestar que não houve qualquer objetivo deliberado de parecer que o ato já havia sido assinado pelo senhor Sergio Moro, como equivocadamente divulgado”, defende o governo.
“Ao contrário, a área técnica apenas seguiu a praxe: inseriu a referenda conforme a temática da pasta indicada para posteriormente colher a assinatura da autoridade no corpo da publicação.”
Fonte: Bahia Notícias

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.