Header Ads

Seo Services

Cresce número de bares que reabriram as portas em Salvador e Neto diz que situação é “preocupante”


Mesmo com a proibição da prefeitura de Salvador para a realização de festas e eventos que causem aglomeração com mais de 50 pessoas e que não respeitem o distanciamento social e o uso de equipamentos de proteção, muitos são os casos de apreensões e fechamentos de estabelecimentos por descumprirem as regras.
“A gente sabe que existem alguns lugares que têm a tradição de fazer a fogueira, de fazer a festa junina, mas o momento nao é esse e foi por isso que a prefeitura realizou as apreensões e as interdições. Nós estamos na nossa capacidade máxima, eu lamento que as pessoas nao tenham consciência de que precisam também fazer a sua parte. E aí insistem nas festas, insistem no paredão, pior ainda, insistem na guerra de espadas, que inclusive é muito perigoso”, afirmou.
“A quantidade de bares que voltaram a abrir as potas foi muito grande. E isso é preocupane. Não dá para de dia a gente estar aqui com grande esforço, suspendendo comércio, mantendo a suspensão das aulas que eu acabei de anunciar, enfim, sacrificando economicamente muitos setores e de noite ter pessoas irresponsáveis fazendo festa, promovendo aglomeração, não dá”, frisou.Conforme o prefeito ACM Neto (DEM), em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira (29), as noites mais intensas de apreensões foram na véspera de São João, 23 de junho, e véspera de São Pedro, 28 de junho. Ainda de acordo com o democrata, uma grande quantidade de bares também decidiu abrir as portas, ignorando a determinação municipal.
Fonte: Varela Notícias 



Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.