Header Ads

Seo Services

Justiça paraguaia libera Ronaldinho e seu irmão, que já podem voltar ao Brasil

Mídia de cabeçalho
Após 171 dias presos, os dois foram autorizados a deixar o país nesta segunda. O juiz aceitou um acordo proposto pelo Ministério Público do Paraguai, segundo o qual eles terão de pagar uma quantia equivalente a R$ 1,1 milhão de multa. Ronaldinho e Assis foram presos em março após serem encontrados portando passaportes falsos. Depois de um período na cadeia, eles seguiram para prisão domiciliar – desde abril, ficaram em um hotel, impedidos de deixar o país.
Fonte: Notícias mundias Twitter

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.