Ivis foi preso pelas agressões contra a ex-mulher, Pamella Holanda, na frente da filha de nove meses do casal.

A Justiça negou o pedido de habeas corpus de DJ Ivis no último sábado, 17, e ele vai permanecer preso por tempo indeterminado à disposição do Poder Judiciário.

Caso seja condenado por lesão corporal, a pena máxima é de três anos em regime aberto ou semiaberto.

Fonte: Revistareconcavo