terça-feira, 26 de setembro de 2017

Casal é preso suspeito de esquartejar 30 pessoas e congelar a carne humana para comê-la

Um casal foi detido na cidade de Krasnodar, no sudeste da Rússia, suspeito de ter assassinado, esquartejado e comido o corpo de pelo menos 30 pessoas.
Após denúncias de vizinhos, a polícia fez uma busca na casa do casal e encontrou sete potes de carne humana congelada na geladeira.
Segundo a polícia, o casal teria começado a praticar o canibalismo em 1999. O homem, inclusive, já havia sido detido anteriormente, depois que a polícia encontrou pedaços de corpos em um local onde o casal vivia anteriormente, além de imagens assustadoras em um celular.
Testemunhas disseram que sentiam cheiro de carne podre e de corvalol, um sedativo utilizado na Rússia, vindo da casal do casal.
O casal negou o canibalismo, mas acabou confessando que matou pelo menos duas pessoas.

0 comentários:

Postar um comentário