sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Bebê de 6 meses que estava desaparecido foi morto pelos pais, diz polícia

Um casal que dizia que o filho de seis meses de idade havia sido sequestrado no final de agosto, em Itaperuçu, Região Metropolitana de Curitiba, seria responsável pela morte da criança. O Serviço de Investigações de Crianças Desaparecidas (Sicride), da Polícia Civil do Paraná, apontou nesta quinta-feira (26) que pai e mãe são suspeitos da morte do próprio filho. Rafael Kuyava foi preso e Luzia Prestes encaminhada a depor no início da tarde desta quinta-feira. No momento da prisão, a mãe disse que a morte do bebê foi um “acidente”.

“Não convenceu. É um casal muito frio. A criança morreu à noite, só no outro dia que eles resolveram levar, o que fazer com essa criança. A mãe não esboça sentimento nenhum. Às vezes ela chora e às vezes divaga. O pai não sabe a data do nascimento da criança. Os dois não sabem dizer que dia a criança morreu, só que foi no final de agosto”, diz a delegada Iara Dechiche, responsável pela investigação. Orientada pelo Rafael, a polícia encontrou o corpo enterrado em área afastada de Itaperuçu, em um matagal, atrás de uma pedreira (veja no mapa). O corpo teria sido enterrado há pelo menos 25 dias. Com informações do Paraná Portal.

0 comentários:

Postar um comentário