domingo, 5 de novembro de 2017

Bolsonaro e Marina podem ter menos tempo em TV do que Enéas em 1989

(Montagem | Divulgação)
Em disputa pelo segundo lugar nas pesquisas para a eleição presidencial, a ex-senadora Marina Silva (Rede) e o deputado federal Jair Bolsonaro, que negocia ingresso no PEN, podem ter menos de 15 segundos na TV, segundo projeção do jornal Folha de SP, publicada neste domingo (5). A distribuição do tempo segue duas regras: 90% são proporcionais à bancada de deputados federais eleita pelos partidos e 10% são divididos igualmente entre os postulantes.
Disputando o segundo lugar nas pesquisas, Marina e Bolsonaro poderão bater uma espécie de recorde caso não consigam formalizar alianças, já que o tempo deles será menor do que Enéas no pleito de 1989, de acordo com a publicação.
Em 1989, Enéas tinha 15 segundos a cada bloco. Segundo o jornal, no atual cenário Marina teria 12,8 segundos e Bolsonaro, 10 segundos em cada bloco – um à tarde e outro à noite, nas terças, quintas e sábados dos 37 dias que antecedem o 1º turno.
Neste ano, a propaganda será realizada de 31 de agosto a 4 de outubro de 2018. A eleição acontece no dia 7 de outubro.

0 comentários:

Postar um comentário