quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Criança é mordida por cão contaminado por raiva em Feira de Santana

A cidade de Feira de Santana está em alerta após uma criança ser mordida por um cachorro  contaminado pelo vírus da raiva, no mês passado. A criança, que mora no bairro de Baraúnas está tendo acompanhamento médico, de acordo com a prefeitura do município. O animal, que era de estimação da família, morreu por causa da doença.

Ela foi mordida no dia 4 de novembro, e dois dias depois foi levada ao Centro de Saúde Especializado Dr. Leone Coelho Leda, onde recebeu a primeira dose da vacina, segundo a prefeitura. No dia 10 de novembro, a família da criança informou que o cachorro havia morrido. 

O animal foi levado para o Centro Municipal de Controle de Zoonoses. No mesmo dia, segundo a prefeitura, amostras do tecido nervoso do cachorro foram encaminhadas ao Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen). Nesta segunda-feira (11), o laboratório confirmou que a amostra deu positiva para a doença. 

De acordo com a coordenadora do Centro de Zoonoses, Mirza Cordeiro, a contaminação se deu possivelmente através da mordida de um morcego no animal de estimação da família. O último caso da doença no município aconteceu em 2004, segundo ela. "É a primeira vez em quase 14 anos que está sendo registrado um caso. O último caso de raiva canina havia sido em 2004. Era um cão domiciliar, que era vacinado pela proprietária", informa.

Um morcego também morreu na cidade, no bairro de Capuchinhos, segundo a TV Bahia, por causa da doença. 

Correio da Bahia.

0 comentários:

Postar um comentário