.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

domingo, 31 de dezembro de 2017

Projeto de agricultura familiar recebe menção honrosa em concurso

O projeto “Biodiversidade funcional associada à vegetação espontânea e ao manejo de coberturas vegetais em pomar familiar de citros em sistema agroflorestal (Biodiverso)”, liderado pelo pesquisador Romulo Carvalho, da Embrapa Mandioca e Fruticultura (Cruz das Almas, BA), Unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, recebeu, no dia 5 de dezembro, a menção honrosa da categoria Práticas Exitosas de Produção e Gestão Institucional do Prêmio Celso Furtado.

Iniciativa do Centro Celso Furtado e do Ministério da Integração Nacional, o prêmio tem como objetivo fomentar, discutir e divulgar estratégias que contribuam para o desenvolvimento regional em todo o País, levando em conta as potencialidades e a realidade de cada lugar. Com mais de 400 trabalhos inscritos em seis categorias, a quarta edição do prêmio homenageou o geógrafo Milton Santos, intelectual negro que ultrapassou fronteiras nacionais, tendo sido reconhecido em diversos países, ao defender um conhecimento interdisciplinar e útil à superação das desigualdades.

Além de Romulo, participam do projeto os pesquisadores Cristina Machado e Francisco Alisson Xavier e a professora Rita Cardoso, da Casa Familiar Agroflorestal (CFAF) de Nilo Peçanha (BA), onde é realizado. “Atualmente este é o único projeto com a temática agricultura familiar na carteira de projetos da Unidade”, afirma Romulo. O trabalho busca adaptar soluções tecnológicas locais para o sistema agroflorestal (SAF) familiar tipo ‘cabruca’, no Território do Baixo Sul da Bahia, visando desenvolver estratégias de manejo da vegetação espontânea e do solo baseadas em princípios da agrobiodiversidade, incremento do controle biológico e boas práticas agrícolas para citros em SAF familiar.

O envolvimento dos jovens na pesquisa participativa, viabilizado por meio de convênio de concessão de estágio firmado entre as duas instituições, permite aos alunos da CFAF atuarem como estagiários multiplicadores em suas comunidades.

0 comentários:

Postar um comentário