Header Ads

Seo Services

Mulher denuncia funcionário de shopping de Salvador por racismo: “Só faltou eu tirar a roupa”

Uma mulher utilizou o Facebook para denunciar que foi vítima de racismo, na praça de alimentação do Salvador Shopping. Segundo a assessora de eventos, Maria Angélica Calmon, de 54 anos, um funcionário da rede de farmácias Drogasil teria a acusado de furtar um creme, cerca de duas horas após ela deixar o estabelecimento, na última semana.
“Eu entrei na farmácia para me encontrar com minha filha, minha mãe e minha neta, que já estavam lá dentro. Minha mãe tem problemas cardíacos e é hipertensa, e tinha ido lá para comprar remédios. Enquanto elas pegavam os medicamentos, eu fiquei olhando a farmácia, vendo alguns hidratantes. Depois que elas pagaram, saímos e fomos para a praça de alimentação”, afirmou.
“Eu estava na praça principal com minha neta, que estava em um parque infantil, e ele me abordou, duas horas depois. Achei inicialmente que era uma pegadinha, uma brincadeira de mau gosto. Mas ele disse que era sério, que tinha me visto nas câmeras de farmácia furtando um creme. Eu, então, afirmei que aquilo era uma calúnia”, contou.
A mulher ainda chegou a dizer que ela poderia ter sido confundida com outra pessoa, no entanto, por conta da insistência na acusação, ela decidiu esvaziar a bolsa para provar que não era culpada. “Como minha mãe e minha filha estavam em outro lugar quando ele me abordou, e eu estava apenas com minha neta, eu pedi a uma mulher que estava na praça para ser testemunha, enquanto eu esvaziava a bolsa. Joguei tudo no chão para ele ver que não tinha nada. Só faltou eu tirar a roupa. Ele viu que realmente eu estava certa e depois ainda disse que eu não precisava fazer aquilo tudo, e saiu correndo”, disse.
Ainda segundo a vítima, ela fez uma denúncia contra o funcionário na 16ª Delegacia da Pituba e, cerca de cinco dias após o caso, recebeu uma ligação da gerente da farmácia pedindo desculpas pelo ocorrido. Em nota, a empresa afirmou que o comportamento do funcionário “não reflete de forma alguma os valores da Drogasil”.
O shopping também se pronunciou e afirmou que o caso está sendo acompanhado junto à loja, desde o momento em que a “ocorrência foi registrada no Centro de Atendimento ao Cliente, seguindo à disposição das autoridades para esclarecimentos”, disse em nota.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.