Header Ads

Seo Services

Tricampeão da Fórmula 1, Niki Lauda morre aos 70 anos

Niki Lauda, campeão da Fórmula 1 nos anos 1975, 1977 e 1984, morreu aos 70 anos nesta segunda-feira (20). Ele enfrentava sérios problemas de saúde há um ano, desde que o austríaco foi submetido a um transplante de pulmão e precisou passar dois meses internado. A informação foi anunciada pela família, que divulgou um comunicado afirmando que Niki deixou um importante legado para o mundo do automobilismo e para a sua família:
“Com profunda tristeza, anunciamos que nosso amado Niki morreu pacificamente com sua família na segunda-feira. Suas realizações únicas como atleta e empreendedor são e permanecerão inesquecíveis. Seu incansável entusiasmo pela ação, sua franqueza e sua coragem permanecem um modelo e uma referência para todos nós. Era um marido amoroso e atencioso, pai e avô longe do público, que sentirá sua falta”, diz o comunicado publicado pela família.
Lauda vinha exercendo a função de presidente de honta da equipe Mercedes e atuava como conselheiro para o chefe de equipe Toto Wolf e aos pilotos, Lewis Hamilton e Valtteri Bottas. Em 1976 ele sofreu um grave acidente e ficou com cicatrizes na cabeça. Desde então passou a usar um boné vermelho para escondê-las. Até o momento, Niki Lauda foi o único piloto a ter conquistado o título da Fórmula 1 competindo pela Ferrari e pela McLaren.
“Todos na McLaren estão profundamente tristes ao saber que o nosso amigo, colega e 1984 Fórmula 1 campeão do mundo, Niki Lauda, faleceu. Niki estará sempre em nossos corações e consagrada em nossa história. #RIPNiki”, Lamentou a equipe McLaren no Twitter.
“Todos na Ferrari está profundamente triste com a notícia da morte de nossa querida amiga Niki Lauda. Ele venceu dois de seus três campeonatos mundiais conosco e sempre estará em nossos corações e naqueles de todos os fãs da Ferrari. As nossas sinceras condolências vão para toda a família e amigos. #CiaoNiki”, lamentou a Ferrari.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.