Header Ads

Seo Services

Estudante dá à luz dentro de banheiro de casa e joga bebê da janela do 10º andar, diz polícia

Uma estudante de 18 anos é suspeita de ter jogado um bebê recém-nascido do 10º andar do prédio onde morava na Vila Ema, na zona leste de São Paulo, na madrugada de sexta-feira (07). O bebê do sexo feminino morreu. Segundo informações da 42º Departamento de Polícia, a criança nasceu prematura, aos sete meses, e o parto ocorreu dentro do banheiro do apartamento.
A mãe da menina contou à polícia que a gravidez era indesejada e que ela havia escondido a informação da família. A suspeita afirmou que a bolsa dela havia estourado por volta das 20h de quinta (06). Ela, então, teria escondido a placenta no ralo do banheiro após o parto e, por volta de meia-noite, teria arremessado o bebê pela janela. Os parentes descobriram a gravidez após encontrarem a placenta.
O corpo da criança foi achado no parquinho de um prédio vizinho, por uma faxineira. A polícia agora investiga se a vítima morreu após a queda, no choque contra o vaso sanitário ou se nasceu morta. A estudante foi levada para um hospital e pode ser submetida a uma audiência de custódia.
Exames vão determinar se o parto foi natural ou por aborto. A suspeita deve ser indiciada por homicídio doloso, quando há intenção de matar.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.